O CUBO DAS ERAS - ALEC SILVA

16:01

 O CUBO DAS ERAS
Alec Silva
Ano: 2015 / Páginas: 200
Idioma: português 
Editora: EX!




















O AUTOR
Baiano nascido numa tarde de julho de 1991. Agnóstico e hipster, estudante de História, apaixonado por simbologias, mitologias e animais pré-históricos.
Escreve amadoramente desde 2007; após alguns anos e quase trinta livros rascunhados, Alec publicou uma coletânea de histórias curtas (Zarak, o Monstrinho, Multifoco, 2011), um conto numa antologia sobre répteis cuspidores de fogo (Dragões, Draco, 2013) e um romance autobiográfico fantástico (A Guerra dos Criativos, independente, 2013), além de algumas obras virtuais na Amazon.
Atualmente se divide em pesquisas para projetos literários e coordenação editorial de um selo independente.





SINOPSE
No futuro, a raça humana alcançou o ápice de sua ganância, forjando uma imortalidade inexistente e lidando com uma força cósmica oriunda do Criador; após séculos de inúmeras conquistas de mundos e desenvolvimento de uma tecnologia que transcende a magia, um impiedoso general trama assassinar o Criador e definir novos rumos para a Criação.
Um escritor de ficção, uma talentosa pintora e um artista marcial recebem a tarefa de continuar a missão de um misterioso alienígena e impedir que tudo o que se conhece seja destruído pelo deicídio. Contando apenas com a arma que pode matar o Criador e uma armadura inigualável, eles precisam entender os conflitos em que estão envolvidos, viajar entre mundos e períodos temporais diferentes e enfrentar oponentes violentos.
"O Cubo das Eras" é uma jornada contra a natureza humana, na qual três jovens podem decidir se a humanidade se elevará a posição divina ou encontrará, de maneira trágica, a extinção resultante de uma ambição doentia.

RESENHA
O Cubo das Eras possui uma diagramação e uma edição muito lindas. Os capítulos estão separados por páginas pretas, e dentro deles existem imagens que ilustram personagens e acontecimentos. A capa define o público: jovem adolescente.
O personagem principal é Alan, um escritor que, aparentemente, guarda alguns segredos. É o esquisitão do trio inseparável: Flávia, a namorada e Miguel. Ele recebe o Cubo de um ser alienígena e Miguel alguns poderes especiais.
Os pontos de vista se intercalam mostrando um narrador onisciente e que se distancia dos personagens para narrar a aventura fazendo o leitor viajar por diversas épocas da humanidade, sem que os personagens o acompanhem.
A ação corre solta, já no primeiro capítulo, e ao chegarmos no capítulo 4, temos várias respostas sobre alguns acontecimentos. A solução para o quebra-cabeça, no entanto, ainda se mostra longe de ser encontrada.
A velocidade da narrativa e o narrador onisciente não permitem que haja um aprofundamento maior na personalidade dos personagens. Apesar disso, conseguimos simpatizar com eles.
Alan não se mostra em seu todo e não conseguimos nos aprofundar muito nele, nem saber o que ele possui que o faz tão diferente do restante do grupo.
Miguel, por sua vez é leal aos amigos, lutador de artes marciais, tem ótima concentração e uma visão bem clara do mundo a sua volta. Flávia se transforma no equilíbrio de Alan, no ponto de apoio. É frágil e forte ao mesmo tempo.

Alan precisa trancar todos os portais dimensionais e seus aliados o acompanham. A cada novo capítulo, novas expectativas.
A criatividade do autor é muito boa. Ele nos apresenta novos mundos e possibilidades de existência de seres que poderiam interferir em nosso mundo, para o bem ou para o mal.
O capítulo 15 traz com ele a dúvida sobre nosso protagonista Alan. Ele poderá sucumbir ao poder do Cubo - um poder tão grande, capaz de se aproximar de Deus, criar e destruir, pode desvirtuar a missão a ele confiada por um alienígena? E seus amigos, serão capazes de fazê-lo se manter firme em seu propósito?
O autor consegue inserir à narrativa ficcional, uma visão de nosso Brasil atual, em meio a corrupção e nos deixa um alerta sobre os rumos que a vida pode tomar se continuarmos com esse comportamento.

Com um final emocionante, o autor Alec Silva consegue fazer aflorar os sentimentos do leitor. Não haverá possibilidade de não ser tocado no coração pelas escolhas de cada um dos personagens.


Para conhecer o autor AQUI
Para adquirir o livro AQUI


Publicações que possam lhe interessar

2 comentários

  1. Uau, que resenha incrível! Adoro esse blog, não conhecia esse livro, fiquei interessado, um abraço, Dieison Engroff, do Rio Grande do Sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, Dieison! Fico feliz que goste do meu blog. Faço o possível para deixar tudo bacana e certinho.
      Um grande abraço para você! <3

      Excluir