DEPOIS DO FIM - O RENASCER - SAMUEL CARDEAL

19:34


 DEPOIS DO FIM - O RENASCER
Autor: Samuel Cardeal
Data de Lançamento: 25 de março de 2016
Páginas: 56
ASIN: B01C68VS7C
Gênero: Fantasia, Ficção Científica

SINOPSE
Após o fim do mundo, o planeta nasceu de novo, partindo de pequenos micro-organismos até a criação de criaturas complexas, como homens e dinossauros. Em sua nova estrutura orgânica, os seres humanos se tornaram dependentes da carne como alimento, e a buscam nas feras, como eles chamam o que, hoje, chamamos de dinossauros.
Rangel Connor é um militar em sua primeira caçada no território das feras. No entanto, a investida em busca da preciosa carne é frustrada com um ataque violento dos animais. Rangel fica para trás, mas, contra toda as expectativas, não é devorado pelos monstros, e sim acolhido.
Ao lado dos dinossauros, Rangel descobrirá o verdadeiro valor de uma amizade e o quão deturpada e vil pode ser a mente humana em seus delírios de grandeza.
Uma história sobre homens, dinossauros e sobre a verdadeira natureza do homo sapiens.


SOBRE O AUTOR
"Nasci no vigésimo quinto dia do ano de 1986. Ano o qual foi lançado o álbum “Master of Puppets” do “Metállica”; o filme “A Encruzilhada” foi lançado, e viria a ser um dos meus favoritos de todos os tempos. Neste mesmo ano estreou na Rede Globo de Televisão o programa “Xou da Xuxa”, mas eu juro nada ter a ver com isso.
Após várias tentativas frustradas como guitarrista, me interessei pelo cinema, em suas mais diversas variações. Da paixão pelo cinema surgiram várias ideias para roteiros, sendo que a primeira realmente trabalhada viria a dar origem ao meu primeiro romance, Demônios Não Choram. A ideia inicial era um roteiro para um possível filme de animação, mas eu caí na real, lembrei-me do país onde eu estava e da minha condição financeira e técnica.
A experiência de transformar uma ideia em obra literária me pegou de jeito, e suscitou uma série de ideias que venho trabalhando com parcimônia."

RESENHA


É com essa frase que Samuel abre seu livro “Depois do Fim- o renascer”. Uma história diferente, que trás na diagramação interna um diferencial de imagens que ilustram os animais da história.
Quando finalizei, pensei: que pena que terminou. Queria algo mais. Muito mais, na verdade. Não me senti confortável com o a sina de Rangel. Para você saber, só lendo.
Samuel conduz o conto com tranquilidade. A trama não deixa pontas soltas. Cada cena se desenrola com um fechamento redondo.
Os personagens tem suas vozes marcadas por uma sonoridade diferenciada, internalizada por quem lê de forma leve, sem esforço, porque a descrição deles consegue guiar o leitor para a singularidade de cada um.




A história inicia ágil, em um crescente para, em seguida, dar uma trégua ao leitor. É quando Rangel é levado pelo dinossauro Fernando até o agrupamento dos grandes habitantes do lugar. É o momento de calmaria, até o ponto em que começamos a nos perguntar como tudo vai terminar. Aí vem, mais uma vez, a agitação e a tensão.

Como falei antes, o final é o ponto dramático da trama.
Por ser um conto mais longo que o normal, o autor conseguiu trabalhar bem os elementos da história: personagens, narrativa, enredo e os pontos de virada. Com certeza a angústia, o medo e a surpresa irão embalar o leitor e, a cada virada de página, vai esperar por um novo acontecimento.
Uma leitura rápida, que nos faz querer mais. Uma ótima pedida para quem gosta de fantasia.

PARA CONHECER O AUTOR >>>>> AQUI
PARA ADQUIRIR O LIVRO >>>>>>> AQUI


Não esquecendo que o autor está com uma obra no Catarse. Para ajudar na publicação, acesse o o link  >>>  AQUI

Publicações que possam lhe interessar

0 comentários