PETÊ RISSATI - VAMOS FALAR DE PANELAS?

06:02


Um texto para quem vive reclamando sobre o mercado de trabalho na área da tradução.
"Tenho lido e ouvido, ao vivo e nas redes sociais, que as pessoas têm dificuldade de crescer profissionalmente por conta das “panelas” que se formam e “não deixam que outros entrem no mercado”. É um despautério tão grande essa afirmação que me deixa apenas dois pensamentos: 1. As pessoas não têm capacidade de entrar no mercado e acabam atribuindo ao outro o seu fracasso; 2. As pessoas não veem que entrar no mercado é o de menos, o que é complicado é se manter nele. O mercado de tradução é gigantesco. Desde os mais específicos até os mais gerais, trabalho é o que não falta. O que tem faltado ­– e isso ouço tanto de colegas como de contratantes, empresas e editoras – é gente competente, capaz e a fim de arregaçar as mangas e trabalhar com vontade. ... Ou você pensou que, ao trabalhar como tradutor na sua batcaverna você se livraria do contato com outros seres humanos e de tudo que ele traz de ótimo e de terrível? Se pensou, melhor mudar de ramo e ir pescar no Alasca."
Gostou? Leia mais no Ponte de Letras > http://pontedeletras.com/2015/03/23/vamos-falar-de-panelas/

Publicações que possam lhe interessar

0 comentários